Os 7 principais canais de tráfego online para conseguir mais visitas para o seu site e potenciar a sua marca

    Nuno Teibão Silva
    Nuno Teibão Silva

    Está a pensar em apostar no Marketing Digital, mas ainda não sabe quais os canais de tráfego online que vai usar na sua estratégia? Nesta publicação vamos mostrar-lhe quais são os melhores canais de tráfego online para conquistar a notoriedade da marca e conseguir mais visitas. E também, uma ferramenta gratuita!

    A primeira coisa a saber é que nem todos os canais de tráfego online serão relevantes para sua marca e o seu negócio, e que não há un canal que, por si só, funcione melhor que outro. Utilizar vários canais de marketing on-line complementa e alavanca os restantes, pelo que, deverá utilizar aqueles que melhor se adequam à sua estratégia de Marketing Digital e aos objetivos da sua empresa.

    #1. Tráfego Direto

    Este é o tráfego que tem como origem a inserção do domínio da pagina, ou URL, diretamente no browser ou navegador web. Ocorre por exemplo quando introduzimos a URL www.worten.pt no Internet Explorer, Google Chrome ou Mozilla Firefox. Ou quando clicamos numa ligação que gravamos como marcador ou favorito num browser.

    #2. E-mail

    O envio de e-mails com links para os sites é um dos canais de tráfego online mais eficaz, mas também aquele que é mais mal aproveitado. Muitas das vezes as organizações limitam-se a enviar todo o tipo de e-mails para toda a gente, em vez de segmentar os seus contactos por listas de interesse ou temáticas, e só enviar e-mails com temas de verdadeiro interesse e relevancia para os contactos das suas bases de dados.

    Há diversas ferramentas de e-mail no mercado que permitem segmentar bases de dados, e realizar campanhas de e-mail marketing segmentadas e automatizadas através de estratégias de Marketing Automation.

    #3. Links de referência

    Ainda que por vezes esquecidos, os links de referência ou backlinks são um dos principais canais de tráfego online, uma vez que são responsáveis por mais de 60% da relevância que os motores de pesquisa, como o Google, podem atribuir ao nosso site. Links de referencia são os que redirecionam diretamente o visitante de uma página externa para o nosso site.

    Mais importante do que ter muitos backlinks de muitas páginas externas com links que redirecionam para o nosso site, é ter backlinks de paginas de relevantes e de temáticas similares à do nosso site.

    Assim sendo, os motores de pesquisa, como o Google, consideram com maior relevancia um link num site de culinária que redireciona para uma página que vende produtos de cozinha, do que para uma página de peças automóveis.

    Na mesma medida, os motores de pesquisa também consideram mais relevantes links de páginas com notoriedade como a Wikipedia, jornais ou páginas web conhecidas, do que de paginas web que ninguém conhece ou visita.

    #4. Redes Sociais

    São as visitas que recebemos nas nossas páginas com origem nas redes sociais. Assim, encontramos diversos canais de tráfego online nesta categoria, sendo os mais relevantes em Portugal; o Facebook, o Instagram e o Youtube. Mas também o WhatsApp e o Facebook Messenger.

    Ainda que as redes sociais tenham muita visibilidade, na realidade não são um dos canais de tráfego online mais indicados se o que pretendemos é gerar visitas. Uma vez, que muitas publicações não redirecionam o utilizador da página da rede social para um site externo à rede social.

    As redes sociais inclusive dão prioridade e mais visibilidade a publicações cujos conteúdos sejam subidos à pagina da rede social. O Facebook, por exemplo, vai mostrar a mais utilizadores uma publicação com um vídeo que tenha sido carregado para o Facebook do que uma publicação que redirecione para um vídeo no Youtube ou outra página externa ao Facebook.

    Isto acontece porque o Facebook não quer que os utilizadores saiam da sua página para visitar outras páginas externas.

    #5. Tráfego Orgânico

    Tráfego orgânico é o que tem origem nos motores de pesquisa, como o Google, de forma natural, não paga. Este resulta de pesquisas por determinados termos ou palavras chave que geram resultados relevantes nos motores de pesquisa.

    Os resultados que aparecem em primeiro lugar nos motores de pesquisa não só têm maior visibilidade como também maior taxa de clique.

    A taxa de clique no link que redireciona para o nosso site, também conhecida por Click-through Rate (CTR), vai depender da posição do nosso site na página de resultados do Google. Em média os resultados que aparecem nas primeiras três posições tem uma CTR muito mais alta que os restantes e vão ter um resultado direto no numero de visitas que o nosso site recebe para a palavra chave pesquisada:

    Resultado de imagem para ctr by position

    A optimização para motores de pesquisa é uma disciplina complexa e composta por diversas estratégias. E uma das formas mais eficazes de atrair tráfego de forma natural é através da criação de conteúdos relevantes e úteis para os nossos visitantes, garantindo assim, que a pagina do nosso site que sai no resultado de pesquisa coincide com o termo de pesquisa ou palavra chave que os nossos visitantes estão a pesquisar. Isto pode ser conseguido através de uma estratégia de Inbound Marketing.

    #6. Tráfego pago

    De forma nos posicionarmos nas primeiras posições podemos pagar para aparecer no topo dos resultados dos motores de pesquisa para uma determinada palavra chave. Neste caso pagamos por clique no resultado que redireciona para o nossos site. Este formato também é conhecido por Pay Per Click (CPC), ou pagar por clique.

    Podemos assim diferenciar os canais de tráfego online resultante dos motores de pesquisa em orgânico ou pago.

    Se, por exemplo, fizermos uma pesquisa pela palavra chave “worten”, teremos resultados pagos no topo seguidos de resultados orgânicos para esse termo de pesquisa:

    #7. Display

    São as visitas que recebemos provenientes de publicidade paga, por exemplo, em anúncios (banners) colocados em sites externos:

    Resultado de imagem para anuncio online worten

    Ferramenta gratuita

    Mas como podemos saber quais os canais de tráfego online que geram visitas para o nosso site, e até mesmo compara-los com um site concorrente? Uma ferramenta que na versão gratuita permite comparar os canais de tráfego online de dois sites concorrentes é a similarweb.com:

    Esta ferramenta é optima para analisar o site da concorrência e comparar com o nosso. Neste link pode encontrar além desta ferramenta outras duas com as quais analisar a sua concorrência online: 3 ferramentas gratuitas online com que pode analisar a sua concorrência.

    Leave a comment