O ESTADO DO LOW-CODE/NO-CODE 2021

    Nuno Teibão Silva
    Nuno Teibão Silva

    De dezembro de 2020 a janeiro de 2021, a Creatio inquiriu mais de 1.000 decisores de nível sénior de diferentes setores e geografias para ganhar uma visão interna sobre os desafios e objetivos da transformação digital e da automatização de processos. 

    Este inquérito revelou conhecimentos estratégicos de líderes digitais e de TI sobre como as organizações que adotaram ou consideraram adotar o low-code/no-code desbloquearam o sucesso da transformação digital.

    DESATAQUES PRINCIPAIS DO RELATÓRIO DO INQUÉRITO

    • 43% dos inquiridos afirmaram que a barreira central da transformação digital é a falta de recursos qualificados
    • Apesar da COVID-19 e da pandemia global, 95% dos inquiridos avançaram com as suas iniciativas de transformação digital.
    • Em cada 3 cidadão desenvolvedores, 2 são utilizadores relacionados com TI, enquanto 1 é um utilizador empresarial
    • O low-code está atualmente a ser adotado principalmente para o desenvolvimento de aplicações personalizadas dentro de unidades de negócio separadas
    • A tecnologia low-code é igualmente utilizada tanto para processos voltados para o cliente como para processos de back office

    O ESTADO EM EVOLUÇÃO DA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

    • Como empresas de todo o mundo aceleram a digitalização dos processos de negócio
    • As barreiras mais comuns à transformação digital em diferentes regiões
    • Planos de transformação digital e prioridades de investimento tecnológico para 2021

    O FUTURO DA AUTOMAÇÃO

    • O nível de automação nas empresas hoje em dia e como as prioridades mudaram em 2021
    • Que tipos de tecnologia estão as empresas a usar para abordar os objetivos de automação empresarial
    • Como os utilizadores empresariais podem assumir as rédeas da automatização de processos

    FORÇAS QUE IMPULSIONAM O MOVIMENTO DE LOW-CODE/NOCODE

    • A atual penetração do low-code/no-code nas organizações e a sua adoção em diferentes regiões
    • As principais razões para usar o low-coce e como o low-code/no-code alimenta o alinhamento entre o negócio e as TI
    • As maiores barreiras à adoção do low-code/no-code e o futuro das aplicações empresariais

    PRINCIPAIS CONCLUSÕES DO INQUÉRITO E AS SUAS PERSPECTIVAS FUTURAS

    • O Que organizações priorizaram para alimentar a eficiência operacional no novo normal
    • Como a fusão de low-code e no-code irá perturbar os modelos de negócio tradicionais
    • Por que é vital construir uma empresa de low-code/no-code

    Para saber mais sobre as tendências de transformação digital e o futuro do low-code/no-code, faça o download do relatório completo.