8 TENDÊNCIAS TECNOLÓGICAS DE 2020 QUE TODO O LÍDER DIGITAL DEVE ABRAÇAR

    Nuno Teibão

    Em 2020, os líderes digitais precisarão mudar suas estratégias para atender rapidamente às preferências dos seus clientes e melhorar a eficiência operacional.

    Mudanças e inovações precisam ser implementadas instantaneamente para acompanhar a proliferação de dispositivos e aplicações móveis, o aumento da penetração da IoT (Internet of Things), a adoção da IA (Inteligencia Artificial) e Big Data e a necessidade de melhorar o desempenho operacional.

    Além disso, espera-se que preocupações com a segurança e a privacidade digital restrinjam o crescimento do mercado digital em todo o mundo.

    Assim, os especialistas do setor digital e líderes de opinião prevêem que 2020 trará novos desafios para as organizações que procuram fornecer um envolvimento mais personalizado do cliente através dos canais, gerir a capacitação dos funcionários e acelerar a otimização de processos de negócios e a eficiência operacional.

    Destacamos por isso 8 tendências tecnológicas de 2020 que todo o líder digital deve abraçar:

    #1 – Low-code/no-code vai revolucionar o processo de desenvolvimento das TI ao permitir que toda a gente possa ser um desenvolvedor.

    Oferecido como uma parte de um software com recursos mais amplos, a tecnologia de low-code/no-code é o nova abordagem revolucionária para gerir a infraestrutura de TI.

    Pois, o low-code/no-code permite a criação de processos de negócios personalizados e aplicações sem tocar no código, permitindo que as organizações acelerem a entrega de aplicações, ajudando-as também a alcançar um tempo de implementação mais rápido.

    Em 2020, ainda mais organizações usarão ferramentas de low-code/no-code, pois estas permitirão mudanças rápidas sem aumentar os custos de TI.

    No próximo ano, vamos observar também essas tecnologias a serem usadas mais frequentemente por funcionários que não são de TI, como analistas de negócios, gestores de projeto, profissionais de marketing, profissionais de vendas, RHs etc.

    Fornecendo às organizações mais recursos para atender à crescente procura por novos processos e aplicações que as ajudem a realizar o seu propósito de forma mais eficiente e ágil.

    Ao incorporar as tecnologias de low-code/no-code nas suas estratégias digitais, os negócios também serão capazes de adotar o conceito “Todos são desenvolvedores”.

    Esta mudança revolucionária tornar-se-á num dos principais impulsionadores da suas iniciativas transformacionais, capacitando literalmente qualquer funcionário a criar as suas próprias soluções personalizadas sem a necessidade de suporte de TI.



    #2 – A IA (Inteligencia Artificial) de conversação permitirá serviços verdadeiramente centrados no cliente.

    A IA, que visa substituir completamente o esforço humano, ainda está na fase de desenvolvimento, com capacidades limitadas de compreensão e processamento de linguagem natural.

    Os negócios exigem que a IA seja mais inteligível, adaptável, personalizável, controlável e sensível ao contexto.

    Essas necessidades abraçam a tendência para o desenvolvimento de IA conversacional, que entende e pode apoiar organicamente as conversas com pessoas.

    A IA de conversação está a chegar ao topo da agenda dos líderes de negócios estimulando um serviço ao cliente de sucesso e com elevado envolvimento.

    Ao permitir que os clientes comuniquem com as empresas simplesmente usando a voz, a IA de conversação apresenta um grande potencial para aprimorar marketing, vendas, serviços e o comercio digital.

    A IA de conversação também permite um envolvimento mais profundo com clientes em potencial e liberta os funcionários de tarefas chatas e irritantes.

    Portanto, a IA conversacional transformará os negócios permitindo que eles transmitam uma comunicação mais personalizada com menos esforço e recursos.

     

    #3 – A inteligência preditiva acelerará a tomada de decisões.

    A inteligência preditiva permite proporcionar experiências únicas a cada indivíduo, analisando os seus comportamentos e produzindo conhecimento para a tomada de decisões automatizada.

    Consistindo em uma combinação de tecnologias de ML (Machine Learning)
    Com base em tecnologias baseadas em ML, a Predictive Intelligence será uma parte crítica de qualquer estratégia digital no futuro próximo.

    Portanto, as organizações que procuram maneiras de ficar à frente da concorrência em 2020 precisarão promover inteligência preditiva, para eliminar a análise manual de dados, e permitir a tomada de decisões de forma proativa, acelerando os resultados de marketing, vendas ou atendimento ao cliente.

    Os constantes avanços em inteligência preditiva permitirá que as empresas explorem novas oportunidades de negócios e gestionem melhor o seu relacionamento com os clientes processando dados históricos com mais eficiência de forma a convertendo-os em valor.

     

    #4 – As empresas irão se concentrar na gestão centralizado de dados.

    A maioria das organizações ainda está operando em silos, com dados dispersos, o que diminui a eficiência operacional e tem um efeito negativo no CX (Customer Experience).

    Os dados centralizados garantem fácil acesso a uma fonte compartilhada de dados, resultando em maior produtividade, colaboração otimizada entre departamentos organizacionais e tomada de decisão mais confiante.

    Eliminar os silos de dados dispersos, garantir dados limpos, garantir segurança, e melhorar a governança de dados continua ser um dos principais objetivos em relação à centralização de dados.

    Soluções de software comercial capazes de criar uma fonte única de verdade ou SSOT (Single Sort Of Truth) dos dados do cliente durante toda a jornada do cliente ocuparão o primeiro lugar no mercado em 2020.

    Enriquecido com o poder da IA, essas soluções não apenas manterão as informações num só lugar, mas também permitirão processar os dados e ajudar os utilizadores de software a tomar decisões orientadas por dados.

    Reunindo recursos desconectados de dados e conectando-os a um data warehouse centralizado, as soluções baseadas em SSOT permitirão que as organizações reduzam as preocupações com a integridade dos dados e forneça aos clientes de experiências de excelência.

     

    #5 – IoT (Internet of Things) Auto-suficiente tornar-se-á uma necessidade global.

    Um dos desafios críticos enfrentados pelas organizações que alavancam a IoT em suas estratégias digitais é a quantidade de recursos necessários para sustentar a funcionalidade de um dispositivo ao longo do ciclo de operação.

    Em 2020, os líderes digitais procurarão mais hardware IoT auto-sustentável, juntamente com recursos de software para suportar essas infra-estruturas.

    Isso trará o modelo “Fit and Forget” para o vanguarda do mercado, tornando-o mais popular entre as organizações com visão de futuro.

    O “Fit e Forget ”visa melhorar a IoT e reduzir a usabilidade dos custos da IoT ao longo do ciclo de operação graças a sensores e dispositivos que exigirão menos manutenção prática.

    Com a penetração adicional dos dispositivos IoT no mundo dos negócios, a necessidade de um idioma unificado que permita que os dispositivos comuniquem sem erros tornará as infraestruturas de TI com inteligência artificial críticas.

    Essa necessidade será reforçada pelo crescente número de empresas que procuram maneiras de reduzir a complexidade de implementação de estratégias de IoT.

    Isso será alcançado graças a plataformas e dispositivos IoT mais unificados
    que posam ser integrados com menos recursos e esforço.

    No caminho da auto-suficiência dos dispositivos IoT, segurança, qualidade e integração de dados serão os principais desafios nos próximos anos.

    Recentemente, uma lei de segurança cibernética que abrange dispositivos “inteligentes” e estabelece padrões mínimos de segurança foi assinado pelo governador da Califórnia, Gavin Newsom.

    A Califórnia é o primeiro estado a fazer uma lei girando em torno da segurança cibernética, embora se espere que mais estados lhe sigam o exemplo à medida que os utilizadores se tornarem mais informados sobre os problemas relacionados à segurança de dados.

    As organizações que implementam as estratégias de IoT em 2020 precisarão acompanhar as leis relacionadas à IoT para evitar possíveis problemas legais.

     

    #6 – Segurança e regulamentos digitais irão impactar significativamente as estratégias de negócio.

    Nos últimos anos, as leis e regulamentos de privacidade e proteção de dados foram modernizados a nível global.

    Na Europa, o GDPR ou RGPD (Regime Geral de Proteção de Dados) intensificou a atividade reguladora global e está a impulsionar uma
    mudança radical na partilha de dados e no uso de dados de clientes pelas empresas.

    Nos E.U.A, a Califórnia adotou a primeira lei de privacidade do consumidor, que concede aos utilizadores da Web o direito de ver as informações pessoais que as empresas recolhem sobre eles.

    Ao mesmo tempo, nos últimos dois anos, observamos inúmeras violações massivas de dados e vazamentos, como o escândalo do Facebook-Cambridge Analytica.

    Segundo a Gartner, até 2021, as organizações que ignoram os requisitos de privacidade e são apanhadas sem proteção de privacidade pagarão o dobro dos custos de conformidade do que os concorrentes aderentes às melhores práticas.

    Problemas de segurança e a privacidade dos dados influenciarão as decisões a nível d a administração e será um dos tópicos mais importantes
    de discussão por líderes empresariais em todo o mundo.

    Com regulamentos em evolução em todo o mundo e governos aprovando e implementando novas medidas de seguranças e leis de privacidade, a época em que a segurança de dados e a privacidade digital são apenas uma reflexão tardia chegará ao fim em breve.

    Em vez disso, os líderes empresariais precisarão vincular os programas de segurança às seus estratégias transformacionais para proteger as informações confidenciais e dados pessoais dos seus clientes globais.

     

    #7 – Blockchain irá trazer eficiência e disrupção.

    Embora ainda exista uma adoção desigual de tecnologias blockchain entre indústrias, a aplicação pragmática de blockchain pode gerar um valor comercial incrível.

    Blockchain está a tornar-se cada vez mais uma alternativa popular às formas tradicionais de construir infra-estruturas de TI e transferir
    dados.

    A tecnologia está a influenciar significativamente três componentes básicos da infraestrutura de computação: armazenamento, processamento e comunicação.

    A tecnologia de contabilidade distribuída permite interações confiáveis ​​e podem melhorar a eficiência do mercado e também reduzir custos.

    Nos próximos anos, a adoção da blockchain está prevista aumentar de forma exponencial.

    Segundo a Gartner, mais de um bilhão de pessoas terá alguns dados sobre si armazenados em uma blockchain até 2022, mesmo que muitos possam não estar cientes disso.

    Em 2020, o blockchain também será visto como uma solução para descentralizar os dados obtidos por tecnologias IA. A combinação dessas duas tecnologias emergentes é vantajosa para todos.

    Blockchain pode tornar a comunicação entre servidores e aplicações mais transparente e mais segura.

    À medida que os clientes ficam mais preocupados com a forma como os seus dados estão sendo usados ​​ou armazenados, a tecnologia pode se transformar em uma solução rápida para problemas de confiança de dados.

     

    #8 – O uso avançado de Big Data provará ser um diferenciador competitivo para organizações líderes.

    A IDC (International Data Corporation) prevê que os dados digitais que criamos, capturamos, replicamos e consumimos irão exceder 175 zettabytes em 2025 (um zettabyte é igual a um trilhão de gigabytes) comparado com 40 zettabytes em 2019.

    Quando empregados corretamente, os dados oferecem grandes oportunidades para as empresas transformarem os seus produtos,
    serviços e experiências do cliente.

    Milhões de dispositivos, sensores e ecrãs conectados geram novas
    tipos de informações em tempo real sobre clientes, possíveis clientes e sobre o seu seu comportamento.

    Dados combinados com a inteligência pode criar novos níveis de eficiência operacional e permitir às empresas descobrir novos fluxos de receita.

    O big data irá se tornar ainda mais profundamente incorporado às atividades comerciais que são fundamentais para sucesso.

    A complexidade dos dados exigirá uma estratégia moderna usando mecanismos de IA para automatizar ou aumentar tarefas e processos manuais.

    Os líderes não podem mais ignorar a necessidade de empregar e educar funcionários para fazer uso de dados que os seus negócios obtêm.

    Se liderar o seu espaço e ganhar uma maior participação no mercado, oferecendo um serviço ou produto de primeira linha para os seus clientes é sua estratégia, trabalhar com big data deve se tornar mais consistente para ser mais eficaz para seus negócios em 2020.

    CONCLUSÃO:

    O cenário tecnológico em constante evolução e as novas tendências tecnológicas emergentes afetam a maneira como as empresas executam as suas estratégias e criam novos modelos de negócios digitais e a geração de receita.

    A atualização do software para que ele atenda aos requisitos impostos pela sua empresa é crucial para o sucesso operacional.

    A Creatio prevê um futuro em que todos sejam desenvolvedores, um futuro em que as organizações possam automatizar qualquer ideia de negócio em questão de minutos.

    Com isso em mente, os produtos Creatio refletem as últimas tendências tecnológicas para garantir que seus clientes tenham as ferramentas necessárias para acelerar o ciclo de transformação dos negócios, acelerando, vendas, marketing, serviço e operações.

    A SINERGIA ÚNICA DA PLATAFORMA BPM DE LOW-CODE E CRM UNIFICADO, COM UM EXTENSO MARKETPLACE DE APLICAÇÕES E TEMPLATES.

    A Creatio é uma empresa global de software de negócios líder no mercado de low-code, automação de processos e CRM. A empresa foi altamente reconhecida como líder de mercado pelos principais analistas do setor.

    A sua plataforma inteligente acelera vendas, marketing, serviços e operações para milhares de clientes e centenas de parceiros em todo o mundo.

    A missão da Creatio é ajudar as empresas a ACELERAR!

    Creatio CRM
    Creatio CRM

    Explore a plataforma BPM de low-code da Creatio com os principais produtos de CRM para capacitar os seus colaboradores com a melhor tecnologia de ponta e fique à frente da concorrência em 2020.

    Este artigo foi traduzido e adaptado do e-book da CreatioTRENDS OF 2020 THAT EVERY DIGITAL LEADER SHOULD EMBRACE

    Leave a comment

    Your email address will not be published.